O superintendente do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae), Donizete Simioni, recebeu os engenheiros José Henrique Martins, gerente Industrial e José Valdir, responsável pelos Assuntos Ambientais, da Usina Santa Cruz, no dia 29 de janeiro, na sede da autarquia, com a finalidade de firmar parceria para limpeza, dragagem e manutenção da represa das Anhumas, usada no abastecimento público do município de Araraquara, bem como pela própria empresa para uso industrial.

Os representantes da usina receberam orientação técnica quanto aos procedimento de autorização e licenciamento ambiental de remoção de vegetação aquática da represa de captação do córrego da Anhumas. “A manutenção na represa é entendida pelo Daae como fundamental, tanto nos quesitos técnicos, quanto ambientais”, disse Simioni.
Na primeira visita à captação das Anhumas, no final de novembro de 2018, o superintendente havia constatado que a represa estava tomada de aguapés e resolveu conversar com representantes da usina sobre o assunto. Conforme informações dos representantes da usina, no ano passado, foi feita uma parte da limpeza da represa e este ano será realizada uma nova etapa. Depois, a usina dará continuidade à manutenção. 
Donizete destacou a importância da iniciativa público privada. “Por meio dela, há o compartilhamento de experiências, otimização e continuidade do serviço. Agradeço a parceria entre o Daae e a Usina Santa Cruz nessa importante iniciativa ambiental”, comentou o superintendente. Simioni disse ainda que essa reunião foi o primeiro passo para firmar a cooperação, necessitando ainda de aprovação da Cetesb para finalizar a parceria e definir o cronograma de execução.
A represa das Anhumas é uma das captações para abastecimento público, como também as captações do ribeirão das Cruzes e do córrego Águas do Paiol. A barragem, a captação, a elevatória (localizada próxima a SP 255) e cerca de 13 km de adutoras formam o conjunto desse importante manancial de abastecimento, que por sua vez, está em operação desde 1970. A captação tem a capacidade de enviar 150 litros de água por segundo para a Estação de Tratamento de Água da Fonte.
De acordo com Simioni, uma das prioridades do Daae para o ano de 2019 é a recuperação das represas de mananciais, tanto as pertencentes as captações superficiais utilizadas pela autarquia, como também a represa do Lajeado, no Portal das Laranjeiras.

Assessoria de Comunicação, 29 de janeiro de 2019.

Pin It

Enquete Daae

Como você avalia o atendimento ao público presencial (PAPs)

facebook

Back to top