Ao completar 49 anos de fundação, no dia 2 de junho, e ter comemorado a data no último dia 13 com um almoço entre funcionários, vereadores e o prefeito Edinho, o Daae – Departamento Autônomo de Água e Esgotos – anuncia novos investimentos. A meta é melhorar a qualidade dos serviços oferecidos à população de Araraquara, incluindo a ampliação física.

Em entrevista ao programa ‘Canal Direto com a Prefeitura’, na segunda-feira (18), o superintendente do Daae, Marcos Isidoro, afirmou que na própria quarta-feira (13) foi assinada a ordem de serviço, no valor de R$ 2,6 milhões, para a construção do Centro de Produção e Reservação e o Posto Selmi Dei 2, já perfurado. Essas obras têm previsão de conclusão de três meses, ou 90 dias.
“Também teremos o Centro de Produção e Reservação do Jardim São Rafael, cuja ordem de serviço foi assinada em maio. Com isso, dobraremos a capacidade de fornecimento de água na região e por muito tempo não teremos problemas como o da semana passada naquela região”, afirmou.
Marcos lembrou o episódio da quinta-feira (14), quando queimou a bomba do Posto Flora (na região norte da cidade), que tem 280 metros de profundidade. Imediatamente, uma equipe do Daae e a empresa contratada especialmente para retirada e colocação de bombas entraram em ação.
“Temos seis bombas reservas, adquiridas em 2017, e, atuando com agilidade, o Daae propiciou o restabelecimento do fornecimento de água para a região do Selmi Dei no menor tempo possível”, afirmou o superintendente.
Ao mesmo tempo em que investe na região norte, a Autarquia realiza as obras do Poço do Victório de Santi, na região sudeste de Araraquara, com recursos do PAC, na ordem de R$ 11 milhões.
Ampliação
Ainda de acordo com Marcos Isidoro, além destes investimentos, o Daae projeta ampliar e modernizar suas instalações físicas na sede. Por isso, manifestou interesse nos imóveis do antigo Clube Estrela e no da extinta CTA (Companhia Trólebus Araraquara), áreas municipais vizinhas do próprio Departamento.
Desde o início de 2017, a direção do Departamento detectou a necessidade de ampliação de alguns de seus serviços. “Já apresentamos ao prefeito Edinho nosso interesse por essas duas áreas, embora a da (antiga) CTA, que seria a de menor investimento, esteja passando por problemas judiciais”, disse.
Como a área do antigo Estrela também é grande, além do salão, já existem tratativas com a Prefeitura para tentar viabilizar o negócio. “A ampliação do espaço físico se faz necessária porque o Daae teve ampliado os seus serviços com a transferência da então Secretaria de Meio Ambiente e a criação da Diretora de Gestão Ambiental”.
O Departamento realiza hoje todas as ações de licenciamento e fiscalização ambiental. “Por isso, temos que adequar o trabalho das equipes, cuja parte se encontra instalada no Cear (Centro de Eventos de Araraquara e Região)”, acrescentou.
Ainda de acordo com o superintendente, o Daae também identificou uma grande necessidade de melhorar o atendimento ao público, já que não existe um local adequado para quem espera pelo atendimento. “A meta é aumentar o espaço físico e trabalharmos com atendimento em horários previamente agendados, melhorando o conforto das instalações e a agilidade no atendimento, nos moldes de um Poupatempo”, explicou.
Recursos próprios
Isidoro também afirmou que para ampliar o espaço físico já existe uma previsão orçamentária que não compromete os investimentos planejados. E que o custo desses investimentos não será repassado à população
Marcos afirmou ainda ser necessário primeiro enviar dois projetos para a Câmara Municipal analisar a proposta sobre o antigo Clube Estrela: um para a desafetação da área e o outro, de incorporação ao Daae.
Qualidade
Respondendo a um internauta do ‘Canal Direto’ sobre o cheiro de cloro na água das torneiras, o superintendente afirmou que a situação é provocada pela formação de micro bolhas, devido à pressão.
E acrescentou que se o cheiro estiver muito forte, o consumidor pode ligar para o 0800-770-1595 que uma equipe irá verificar a situação, embora este monitoramento seja feito em toda a cidade de três a quatro vezes por dia, exatamente para evitar a super dosagem de cloro.
“No próprio site do Daae, divulgamos esse monitoramento ao consumidor, expondo diariamente a qualidade e a potabilidade da água distribuída em nossa cidade”, destacou.

Fonte: www.araraquara.sp.gov.br

Assessoria de Comunicação, 20 de junho de 2018.

Pin It

Enquete Daae

De modo geral, como você considera o serviço oferecido pelos bolsões de entulho sob responsabilidade do Daae?

facebook

Back to top