A estrada de terra que liga a rodovia SP 255 à Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Araraquara foi recuperada, tornando o caminho acessível aos servidores e visitantes do local. Para a segunda fase da recuperação, o Daae alugou uma motoniveladora pelo valor de R$ 7.800,00 e disponibilizou uma retroescavadeira da autarquia para os serviços.

Durante uma semana, as máquinas trabalharam para espalhar a piçarra (pedras) e fizeram contenções e desvios para a água de chuva. Essa fase complementou a primeira, na qual o mato foi retirado, as cercas vivas (sansão do campo) foram podadas e parte delas retiradas, a tubulação da nascente existente ao lado da estrada foi desobstruída, pois formava uma grande poça no caminho, as erosões de maior proporção foram regularizadas e as piçarras foram espalhadas.
A prefeitura municipal colaborou com o Daae disponibilizando caminhões para colocação e espalhamento das piçarras. A ETE Araraquara vem sendo recuperada desde o ano passado e recebeu melhorias como: a reforma dos aeradores da lagoa 1 do módulo 1, a volta da operação da estação de tratamento de lodo, colocação de novas roscas no tratamento primário, aquisição de duas novas peneiras (fase de licitação), contratação de estudo diagnóstico para a estação, entre outras. “Todas essas iniciativas são para colaborar e melhorar o tratamento do esgoto coletado, em todo o município de Araraquara", disse Marcos Isidoro, superintendente do Daae.

Assessoria de Comunicação, 24 de abril de 2018.

Pin It

Enquete Daae

Como você avalia a coleta e tratamento do esgoto realizado pelo Daae?

facebook

Back to top